Rm 8

Rm 8:1 Agora, pois, nenhuma condenação [há] para aqueles dentro de Cristo Jesus, os quais [estão] andando não em obediência à carne, mas em obediência a [o] Espírito.
Rm 8:2 Porque a lei de o Espírito d[a] vida, em Cristo Jesus, me livrou para- longe- da lei do pecado e da morte.
Rm 8:3 Porquanto, o que era impossível à lei (n[o] que ela estava sem forças por causa da carne), Deus, ao Seu próprio Filho havendo enviado em semelhança d[a] carne do pecado ([e] por causa do pecado), condenou o pecado na carne,
Rm 8:4 A fim de que a justiça da lei fosse cumprida em nós, aqueles [que] não em obediência à carne [estamos] andando, mas em obediência a [o] Espírito.
Rm 8:5 Porque aqueles [homens] em obediência à carne estando, para as coisas da carne voltam suas mentes; aqueles [homens], porém, em obediência a o Espírito [estando, voltam suas mentes] para as coisas de o Espírito.
Rm 8:6 Porque o pensar de- natureza- da- carne [é a] morte; o pensar, porém, de- natureza- de o Espírito, [é a] vida e [a] paz.
Rm 8:7 Porquanto o pensar da carne [é] inimizade contra Deus; porque à Lei de Deus ela não submete a si mesma, porque nem [mesmo] o pode.
Rm 8:8 E aqueles [homens] n[a] carne estando, a Deus não podem agradar.
Rm 8:9 *Vós*, porém, não estais n[a] carne, mas em [o] Espírito, uma vez que [o] Espírito de Deus habita em vós. Se, porém, algum homem [ao] Espírito de [o] Cristo não tem, *esse tal* não é dEle.
Rm 8:10 E, uma vez que [o] Cristo [está] em vós, o [vosso] corpo, em verdade, morto [está] por causa d[o] pecado, mas o espírito [é] [a] vida por causa d[a] justiça.
Rm 8:11 E, uma vez que o Espírito dAquele havendo ressuscitado Jesus para- fora- de- entre [os] mortos habita em vós, [então] Aquele havendo ressuscitado a o Cristo para- fora- de- entre [os] mortos vivificará também os vossos corpos mortais por- ação- de o Seu Espírito, Aquele habitando em vós.
Rm 8:12 Assim, pois, ó irmãos, devedores somos ([mas] não à carne para em obediência à carne viver[mos]).
Rm 8:13 (Porque se segundo a carne viveis, intencionais morrer; se, porém, mediante [o] Espírito, das obras do corpo destruís- a- força- e- vitalidade, [então] vivereis.
Rm 8:14 Porque tantos quantos pel[o] Espírito de Deus são guiados, *esses* são filhos de Deus.).
Rm 8:15 Porque não recebestes [o] espírito de escravidão (para outra vez [estardes] em temor), mas recebestes [o] Espírito de adoção- como- filhos, no Qual estamos clamando: "Aba, Pai."
Rm 8:16 Ele mesmo, o Espírito, testifica- juntamente com o nosso espírito que somos filhos de Deus.
Rm 8:17 Ora, uma vez que [somos] filhos, [então somos] herdeiros também; herdeiros, em verdade, de Deus, e [co-] herdeiros- juntamente- com [o] Cristo: uma- vez- que- é- certo- que juntamente com [Ele] estamos padecendo, a fim de que também, juntamente com [Ele], sejamos glorificados.
Rm 8:18 Porque reconheço como certo que não dignas [são] as aflições deste presente tempo [de ser comparadas] com a glória a ser revelada em nós.
Rm 8:19 Porque a ardente expectação da criação aplicadamente- espera [pel]a manifestação dos filhos de Deus.
Rm 8:20 Porque a criação foi subordinada à vanidade, não por [sua própria] vontade, mas em razão dAquele havendo feito- subordinada [a mesma] em esperança,
Rm 8:21 Porque também ela mesma, a criação, será libertada para- longe- da escravidão d[a] corrupção, para dentro da gloriosa liberdade dos filhos de Deus.
Rm 8:22 Porque temos sabido que toda a criação juntamente geme e juntamente sofre dores de parto até agora.
Rm 8:23 E não somente [ela], mas até nós mesmos, aqueles tendo as primícias de o Espírito, também *nós*, nós mesmos, dentro de nós mesmos estamos gemendo, pel[a] adoção- como- filhos aplicadamente- esperando, [a saber, pel]a redenção do nosso corpo.
Rm 8:24 Porque em esperança fomos salvos. Ora, [a] esperança [que está] sendo vista não é esperança; pois, o que algum homem vê, por que ainda o espera?
Rm 8:25 Uma vez, porém, que estamos pondo- a- esperança no que não vemos, com paciência [o] estamos aplicadamente- esperando.
Rm 8:26 Da mesma maneira, porém, também o Espírito em- junção- ajuda nas nossas fraquezas. Porque aquilo pelo que havemos de orar, segundo é necessário, não temos sabido; mas Ele mesmo, o Espírito, intercede para- benefício- e- em- lugar- de nós, com gemidos inexprimíveis.
Rm 8:27 E Aquele examinando os corações tem sabido qual [é] a mente de o Espírito, porquanto, segundo [a vontade de] Deus, Ele intercede para- benefício- e- em- lugar- d[os] santos,.
Rm 8:28 [Bem] temos sabido, porém, que, para aqueles [que estão] amando a Deus, todas as coisas co- operam- juntamente para [o] bem, para aqueles que [estão] sendo chamados- convidados segundo [o] propósito [dEle].
Rm 8:29 Porque, aos [homens] a quem Ele pré-conheceu, também os predeterminou- quanto- fronteiras [para serem] conformados à apresentação- físico- corporal de o Seu Filho, a fim de ser Este [o] primeiro- nascido entre muitos irmãos.
Rm 8:30 E, aos [homens] a quem Ele predeterminou- quanto- fronteiras, a estes também chamou; e aos que chamou, a estes também declarou justos; e aos que declarou justos, a estes também glorificou.
Rm 8:31 O que, pois, diremos a respeito destas coisas? Uma vez, porém, que Deus [é] por nós, quem [será] contra nós?
Rm 8:32 Em verdade, Aquele que ao Seu próprio Filho não poupou, pelo contrário, para- benefício- e- em- lugar- de todos nós O entregou, como não, também, juntamente- com Ele, todas as coisas [gratuitamente] nos dará?
Rm 8:33 Quem intentará acusação contra [os] eleitos de Deus? [É] Deus Quem os [está] declarando justos.
Rm 8:34 Quem [é] aquele [que está] condenando? [O] Cristo [é] Aquele havendo morrido, ou, muito mais, também havendo sido ressuscitado; o Qual também está à direita de Deus; [e] o Qual também intercede para- benefício- e- em- lugar- de nós.
Rm 8:35 Quem nos separará para- longe- do amor de o Cristo? [A] tribulação, ou [a] angústia, ou [a] perseguição, ou [a] fome, ou [a] nudez, ou [o] perigo, ou [a] espada?
Rm 8:36 Como tem sido escrito: "Por causa de Ti somos entregues à morte [durante] todo o dia, fomos contados como [sendo] ovelhas de matança."
Rm 8:37 Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por- ação- de Aquele que amou a nós.
Rm 8:38 Porque tenho sido persuadido de que: nem [a] morte, nem [a] vida, nem [os] anjos, nem [os] principados, nem [as] potestades, nem as coisas tendo- estado- presentes, nem as coisas estando por vir,
Rm 8:39 Nem [a] altura, nem [a] profundidade, nem qualquer outra criatura, poderÁ nos separar para- longe- do amor de Deus, o qual [está] em Cristo Jesus, o Senhor nosso.

LTT: Bíblia Literal do Texto Tradicional Receptus, sem notas