Gl 4

Gl 4:1 Digo, pois, que, durante todo o tempo em que o herdeiro uma criancinha é, [então] em nada difere de [um] escravo, [embora] senhor de tudo sendo [ele];
Gl 4:2 Mas debaixo de tutores e curadores está ele, até ao tempo predeterminado DO pai.
Gl 4:3 Assim, também nós, quando éramoS criancinhas, debaixo dos primeiros- rudimentos do mundo estávamos tendo sido tornados- escravos.
Gl 4:4 Quando, porém, veio a plenitude do tempo, enviou Deus o Seu próprio Filho, havendo Ele sido feito proveniente- de- dentro- de mulher, havendo Ele sido tornado debaixo da Lei,
Gl 4:5 Para que, àqueles [que estavam] debaixo da lei, Ele redimisse, a fim de a [prometida] adoção- como- filhos recebermos.
Gl 4:6 E, porque sois filhos, enviou Deus o Espírito de [o] Seu Filho para dentro dos vossos corações, clamando: "Aba, Pai."
Gl 4:7 Portanto, não mais és tu um escravo, mas um filho. E, uma vez que [és] filho, também [és] herdeiro de Deus por- ação- de [o] Cristo.
Gl 4:8 Mas então, em verdade, [quando] não tendo vós conhecido a Deus, servistes- como- escravos àqueles não por natureza sendo deuses;
Gl 4:9 Agora, porém, havendo vós conhecido a Deus (ou, muito mais, havendo vós sido conhecidos sob Deus), como voltais, outra vez, sobre esses fracos e miseravelmente- pobres primeiros- rudimentos, aos quais, de novo, servir- como- escravos quereis?
Gl 4:10 Dias observais vós, e meses, e tempos, e anos.
Gl 4:11 Receio de vós, para que não (de algum modo) em vão tenho eu laborado a propósito de vós.
Gl 4:12 Sede vós assim- como *eu* [sou] (porque também *eu* [sou] assim- como *vós* [sois]), ó irmãos, rogo- vos. Em nada me fizestes mal.
Gl 4:13 E vós tendes sabido que através de fraqueza da carne vos preguei- as- boas- novas a primeira vez;
Gl 4:14 E [a] minha provação [que há] em minha carne não rejeitastes nem repelistes- com- desprezo, mas, como [se eu fosse] um anjo de Deus, me recebestes, [a saber,] como [se eu fosse] Cristo Jesus [mesmo].
Gl 4:15 Onde, pois, estava a vossa bem-aventurança? Porque vos dou testemunho de que, se [fora] possível, [então] os vossos próprios olhos, havendo vós arrancado para fora, os destes a mim.
Gl 4:16 Portanto, [porventura] inimigo vosso tenho eu me tornado, dizendo-vos a verdade?
Gl 4:17 Eles têm zelo por vós, [mas] não [o têm] bem; sim, vos excluir [de nós] querem, a fim de que, em favor deles, vós tenhais zelo.
Gl 4:18 E bom [é] ser zeloso no [que é] bom (em todos os tempos, e não somente no meu estar- presente diante de vós).
Gl 4:19 Ó meus filhinhos, pelos quais de novo sinto as dores de parto até que seja formado [o] Cristo dentro de vós:
Gl 4:20 [Bem] queria eu, porém, estar presente diante de vós, agora, e mudar a minha voz; porque estou perplexo- duvidoso em relação a vós outros.
Gl 4:21 Dizei-me vós, aqueles debaixo da Lei querendo estar: à Lei não estás ouvindo?
Gl 4:22 Porque tem sido escrito que Abraão dois filhos teve: um proveniente- de- dentro- da jovem escrava, e [o] outro proveniente- de- dentro- da [esposa] livre.
Gl 4:23 Todavia, em verdade, aquele [filho] proveniente- de- dentro- da jovem escrava, segundo a carne tem ele sido nascido; mas, aquele proveniente- de- dentro- da [esposa] livre, em- virtude- da promessa [tem sido nascido].
Gl 4:24 As quais coisas são [coisas] sendo alegorizadas; porque estas significam as duas alianças; uma, em verdade, proveniente- de- junto- do monte Sinai, para [a] escravidão gerando [filhos], a qual é Agar.
Gl 4:25 Porque esta Agar o monte Sinai é, na Arábia, e corresponde, agora, a Jerusalém, e serve- como- escrava, com os seus filhos.
Gl 4:26 Mas a Jerusalém de acima livre é; a qual é [a] mãe de todos nós.
Gl 4:27 Porque tem sido escrito: "Alegra-te, ó estéril, aquela [que] não [está] dando à luz; rompe [em exultação] e clama, [tu que] não [estás] sentindo as dores de parto; porque muitos [são] os filhos da desolada, muito mais do que daquela tendo o marido."
Gl 4:28 *Nós*, porém, ó irmãos, conforme Isaque [foi], d[a] promessa [os] filhos somos.
Gl 4:29 Mas, [do mesmo modo] como, naquele tempo, aquele segundo [a] carne havendo sido gerado perseguia aquele [havendo sido gerado] segundo o Espírito, desta [mesma] maneira [é] também agora.
Gl 4:30 Mas, que diz a Escritura? "Lança fora a jovem escrava e o seu filho, porque de modo nenhum herde, o filho da jovem escrava, [juntamente] com o filho da [mulher]- livre".
Gl 4:31 De maneira que, ó irmãos, não somos d[a] jovem escrava filhos, mas da [mulher] livre.

LTT: Bíblia Literal do Texto Tradicional Receptus, sem notas