Tg 1

Tg 1:1 Jacobo, de Deus e de [o] Senhor Jesus Cristo um escravo, às doze tribos na dispersão: regozijai!
Tg 1:2 Como [motivo de] toda [a] alegria estimai, ó irmãos meus, quando chegardes- a- ser- cercados- ao- redor por provações várias,
Tg 1:3 Sabendo que a provação da vossa fé opera [a] paciência;
Tg 1:4 A paciência, porém, [a sua] obra perfeita tenha, a fim de que sejais perfeitos e completos- em- desenvolvimento, em nada faltando.
Tg 1:5 Se, porém, algum de vós tem falta de sabedoria, peça-[a] junto a Deus (o Qual [a] está dando a todos liberalmente, e não [está] repreendendo), e lhe será dada.
Tg 1:6 Peça-a, porém, em fé, nada duvidando. Porque o que está duvidando tem sido semelhante à onda d[o] mar [que está] sendo levada- pelo- vento e [está] sendo agitada- em- abanação;
Tg 1:7 [E] porque não suponha tal homem que receberá coisa nenhuma junto a o Senhor:
Tg 1:8 [O] varão de coração dobre [é] instável em todos os seus caminhos.
Tg 1:9 Mas regozije-se o irmão de condição humilde em a sua exaltação,
Tg 1:10 E o rico em o seu abatimento, porque como [a] flor d[a] erva ele passará.
Tg 1:11 Porque ergueu-se o sol juntamente- com o calor- ardente, e murchou- secou a erva, e a sua flor caiu, e a formosura do seu aspecto se fez perecer. Assim também o rico, nos seus caminhos, será feito murchar!
Tg 1:12 Bem-aventurado [o] varão que pacientemente- suporta [a] provação! Porque, um aprovado havendo ele se tornado, receberá a coroa- louro da vida, a qual prometeu o Senhor àqueles [que] O [estão] amando.
Tg 1:13 Ninguém, [quando] sendo tentado, diga: "Proveniente- de- junto- de Deus estou sendo tentado." Porque Deus é não- possível- de- ser- tentado pel[o] mal, e tenta, Ele mesmo, a ninguém.
Tg 1:14 Mas cada um é tentado [quando] pel[a] sua própria concupiscência sendo atraído e sendo engodado- por- isca.
Tg 1:15 Depois a concupiscência, havendo concebido, dá à luz a[o] pecado. E o pecado, havendo sido consumado, gera [a] morte.
Tg 1:16 Não sejais vós enganados- feitos- extraviar, ó meus irmãos amados.
Tg 1:17 Todo [o] bom dadivar (e toda [a] dádiva perfeita) proveniente- de- junto- do- alto é, [estando] descendo proveniente- de- junto- de o Pai das luzes, ao lado de Quem não há mudança nem, de variação, uma sombra.
Tg 1:18 Havendo Ele desejado- em- Seu- próprio- propósito, Ele nos gerou pel[a] Palavra d[a] verdade, para ser[mos] nós certa- espécie de primícias das *Suas* criaturas.
Tg 1:19 De modo que, ó meus irmãos amados, seja todo o homem rápido para ouvir, tardio para falar, tardio para [a] ira;
Tg 1:20 Porque [a] ira do varão [a] justiça de Deus não opera.
Tg 1:21 Por isso, havendo vós deitado fora toda [a] imundícia e abundância de malignidade, em mansidão recebei a Palavra enxertada, a qual pode salvar as vossas almas.
Tg 1:22 E sede vós cumpridores de [a] Palavra, e não somente ouvintes, enganando a vós mesmos.
Tg 1:23 Porque se algum homem um [mero] ouvinte de [a] Palavra é, e não um cumpridor [dela], *este* tem sido semelhante a[o] varão contemplando o rosto do seu nascimento em [um] espelho;
Tg 1:24 Porque contemplou a si mesmo e tem saído, e imediatamente se esqueceu de como ele era.
Tg 1:25 *aquele*, porém, havendo se- agachado- para- atentar para dentro d[a] lei perfeita, aquela da liberdade, e n[ela] havendo ele continuado, este, não um ouvinte esquecidiço havendo sido, mas um fazedor d[a] obra, *este tal* bem-aventurado no seu fazer será.
Tg 1:26 Se algum- varão supõe exteriorizador- de- adoração ser entre vós [e] não [está] refreando [a] sua língua, [mas,] ao contrário, [está] enganando- por- sedução [o] seu próprio coração, [então] desse [varão é] em vão a exteriorização- de- adoração.
Tg 1:27 [A] exteriorização- de- adoração pura e incontaminada ao lado de Deus (a saber, [o nosso] Pai) esta é: olhar- cuidar pel[os] órfãos e viúvas nas suas aflições, [e] guardar a si mesmo imaculado para- longe- do mundo.

LTT: Bíblia Literal do Texto Tradicional Receptus, sem notas