Ap 4

Ap 4:1 Depois destas coisas, olhei, e eis uma porta tendo sido aberta no céu. E a primeira voz (que ouvi como [se fosse] de uma trombeta falando comigo) dizendo: "Sobe aqui, e te mostrarei que coisas são necessárias acontecer depois destas coisas."
Ap 4:2 E imediatamente fui- tornado [arrebatado] n[o] espírito, e eis que um trono estava posto dentro do céu, e, sobre o trono, [Alguém] mantendo- Se- assentado.
Ap 4:3 E Aquele estando- assentado era semelhante, n[a] aparência, à pedra jaspe e [à pedra] sardônica (e um colorido- arco- da- chuva [estava] ao redor do trono), [sendo Ele] semelhante, em aparência, à esmeralda.
Ap 4:4 E, ao redor do trono, [havia] vinte e quatro tronos; e, sobre os tronos, vi vinte e quatro anciãos estando- assentados, tendo sido vestidos em vestes brancas; e tiveram sobre as suas cabeças coroas- louro de ouro.
Ap 4:5 E, provenientes- de- dentro- do trono, saem relâmpagos, e trovões, e vozes; e sete lâmpadas de fogo ardendo [estavam] diante do trono, as quais são os sete espíritos de Deus.
Ap 4:6 E, diante do trono, [havia] um mar de vidro, semelhante a[o] cristal. E, n[o] meio do trono e em- circunferência- ao- redor- do trono, [havia] quatro criaturas viventes estando cheias de olhos, por diante e por detrás.
Ap 4:7 E a primeira criatura vivente [era] semelhante a um leão, e a segunda criatura vivente [era] semelhante a um bezerro, e a terceira criatura vivente [estava] tendo o rosto como um homem, e a quarta criatura vivente [era] semelhante a uma águia voando.
Ap 4:8 E [as] quatro criaturas viventes, cada uma delas individualmente, tinham seis asas, [e estavam] ao redor [dEle], e por dentro estando- cheias de olhos. E repouso não têm dia e noite, dizendo: "Santo, Santo, Santo [é o] Senhor Deus, o Todo-Poderoso, o Qual era, e o Qual é, e o Qual [está] vindo."
Ap 4:9 E, quando darão as quatro criaturas viventes glória, e honra, e expressões de [toda a] gratidão Àquele estando- assentado sobre o trono, o Qual [está] vivendo para os séculos dos séculos,
Ap 4:10 [Então] se prostrarão os vinte e quatro anciãos diante dAquele estando- assentado sobre o trono, e adoram Aquele [que está] vivendo para os séculos dos séculos; e lançam [as] coroas- louro deles diante do trono, dizendo:
Ap 4:11 "Digno és, ó Senhor, de receber a glória, e a honra, e o poder; porque *Tu* criaste todas as coisas, e por causa da Tua vontade- em- prazer elas existem e foram criadas."

LTT: Bíblia Literal do Texto Tradicional Receptus, sem notas