Ct 2

Ct 2:1 Eu [sou] a rosa de Sarom, o lírio dos vales.
Ct 2:2 Qual o lírio entre os espinhos, tal [é] a amiga- amada Minha, entre as filhas.
Ct 2:3 Qual a macieira entre as árvores do bosque, tal [é] o meu Amado entre os filhos; desejo muito a Sua sombra, e [debaixo dela] me assento; e o Seu fruto [é] doce ao meu palato.
Ct 2:4 Levou-me à casa do banquete, e o Seu estandarte sobre mim [era] o amor.
Ct 2:5 Sustentai-me com bolos de passas [de uvas], confortai-me com maçãs, porque desfaleço de amor.
Ct 2:6 A Sua [mão] esquerda [esteja] debaixo da minha cabeça, e a Sua [mão] direita me abrace.
Ct 2:7 Ordeno-vos por pleno testemunho, ó filhas de Jerusalém, pelas gazelas e cervas do campo, que não acordeis nem desperteis o [meu] Amado, até que Ele [o] queira.
Ct 2:8 [Esta] [é] a voz do meu Amado; ei-Lo aí, [que já] vem saltando sobre os montes, pulando sobre os outeiros.
Ct 2:9 O meu Amado [é] semelhante ao gamo, ou ao filho do veado; eis que se posta detrás da nossa parede, olhando através das janelas, sendo vislumbrado através das grades.
Ct 2:10 O meu Amado fala e me diz: Levanta-te, amiga- amada Minha, formosa Minha, e vem.
Ct 2:11 Porque eis que passou o inverno; a chuva cessou, [e] se foi;
Ct 2:12 Aparecem as flores sobre a terra, o tempo do salmodiar [dos pássaros] chega, e a voz da rola ouve-se em nossa terra.
Ct 2:13 A figueira já amadureceu os seus figos verdes, e as vides com seus botões de uva exalam o seu [agradável] aroma; levanta-te, amiga- amada Minha, formosa Minha, e vem.
Ct 2:14 Ó pomba Minha, que andas pelas fendas das penhas, nos [lugares] secretos das regiões ladeirosas, mostra-Me a tua face, faze-Me ouvir a tua voz, porque a tua voz [é] doce, e a tua face graciosa.
Ct 2:15 Apanhai-nos as raposas, as raposas [ainda] pequenas, que fazem mal às vinhas, porque as nossas vinhas [têm] botões de uva.
Ct 2:16 O meu Amado [é] meu, e eu [sou] dEle; Ele apascenta entre os lírios.
Ct 2:17 Até que o dia alvoreça, e fujam as sombras, volta, Amado meu; faze-te semelhante ao gamo ou ao filho dos veados sobre os montes de Beter.

LTT: Bíblia Literal do Texto Tradicional Receptus, sem notas