Mc 11

Mc 11:1 E, quando chegam vizinho a Jerusalém [e] a Betfagé e a Betânia, junto ao Monte das Oliveiras, Ele envia dois dos Seus discípulos,
Mc 11:2 E Ele lhes diz: "Ide para dentro da aldeia [que está] defronte de vós; e, logo que [estiverdes] entrando para ela, encontrareis um potro- de- jumenta tendo sido amarrado, sobre o qual nenhum dos homens se tem assentado; havendo-o [vós] soltado, trazei-[o].
Mc 11:3 E, se algum homem vos disser 'Por que fazeis isso?', dizei[-lhe] que 'o Senhor tem necessidade dele', e imediatamente o enviará para aqui."
Mc 11:4 E foram, e encontraram o potro- de- jumenta tendo sido amarrado junto à porta, do lado de fora, próximo de um lugar- onde- dois- caminhos- se- encontram, e o soltaram.
Mc 11:5 E alguns [homens], daqueles ali tendo se postado, lhes disseram: "Que fazeis, soltando o potro- de- jumenta?"
Mc 11:6 Eles, porém, lhes disseram como [lhes] ordenou Jesus; e os deixaram ir.
Mc 11:7 E levaram o potro- de- jumenta a Jesus, e lançaram sobre ele as vestes deles, e [Jesus] montou sobre ele.
Mc 11:8 E muitos [homens] estenderam as vestes deles sobre o caminho, e outros [homens] [os] ramos das árvores cortavam- fora e [os] espalhavam sobre o caminho.
Mc 11:9 E aqueles [homens] indo adiante, e aqueles seguindo, clamavam, dizendo: "Oh salva-[nos], agora! Tendo sido bendito [é] Aquele vindo em [o] nome de [o] Senhor;
Mc 11:10 Tendo sido bendito [é] o reinar (do nosso pai Davi) [o qual está] vindo em [o] nome de [o] Senhor. [Diga-se], nas maiores alturas: 'Oh salva-[nos], agora'."
Mc 11:11 E Jesus entrou para Jerusalém e para o Templo; e, havendo visto tudo em redor, sendo agora o anoitecer, saiu para dentro de Betânia, com os doze.
Mc 11:12 E, no dia seguinte, havendo eles saído para longe de Betânia, Ele sofreu- fome.
Mc 11:13 E, havendo Ele visto ao longe uma figueira tendo folhas, veio [ver] se talvez achará alguma coisa nela. E, havendo [Ele] vindo a ela, nada achou senão folhas, porque [ainda] não era [o] tempo de figos.
Mc 11:14 E, havendo respondido, Jesus disse a ela: "Nunca mais, para o sempre, proveniente- de- dentro- de ti ninguém coma um fruto." E ouviam [isto] os discípulos dEle.
Mc 11:15 E eles vieram para dentro de Jerusalém; e, havendo Jesus entrado para o Templo, começou a expulsar aqueles [que estavam] vendendo e comprando dentro do Templo; e, tanto as mesas dos cambistas- de- dinheiro como as cadeiras daqueles [que estão] vendendo as pombas, Ele virou- de- cabeça- para- baixo.
Mc 11:16 E não consentia que algum homem levasse [nenhum] utensílio através do Templo.
Mc 11:17 E ensinava, dizendo-lhes: "[Porventura] não tem sido escrito: 'Minha casa, [a] casa de oração será chamada por todas as nações'?' '*Vós*, porém, a fizestes um covil de salteadores'."
Mc 11:18 E ouviram [isto] os escribas e os principais dos sacerdotes, e buscavam como O farão matar; pois eles O temiam, porque toda a multidão- de- homens estavA admiradA quanto à Sua doutrina.
Mc 11:19 E, quando o final da tarde chegou, Ele ia para- fora- da cidade.
Mc 11:20 E pela manhã, passando eles por ali, viram a figueira tendo sido murchada- secada proveniente- de- dentro- d[as suas] raízes.
Mc 11:21 E, havendo-se lembrado, Pedro diz a Ele: " Grande- Professor, eis que a figueira, que Tu amaldiçoaste, tem sido murchada- secada."
Mc 11:22 E Jesus lhes diz, havendo respondido: "Tende vós [a] fé DE Deus;
Mc 11:23 Porque em verdade vos digo que todo- e- qualquer- homem que disser a este monte: 'Sê erguido e sê lançado para dentro do mar', e não duvidar no seu coração mas crer que aquilo que ele diz é feito- acontecer, lhe será feito- acontecer toda- e- qualquer- coisa que disser.
Mc 11:24 Por causa disso, vos digo: todas as coisas, todas- e- quaisquer- coisas que vós, orando, pedis, crede vós que [as] recebeis, e [assim] vos será [feito].
Mc 11:25 E, quando vos postardes orando, perdoai (se alguma coisa tendes contra algum homem), a fim de que também o vosso Pai (Aquele [que está] nos céuS) vos perdoe as vossas ofensas.
Mc 11:26 Se, porém, *vós* não perdoardes, o vosso Pai (Aquele [que está] nos céuS) também não perdoará as vossas ofensas."
Mc 11:27 E eles chegam novamente a Jerusalém. E, [enquanto] caminhando Ele dentro do Templo, chegam para junto dEle os principais dos sacerdotes, e os escribas, e os anciãos,
Mc 11:28 E Lhe dizem: "Com que natureza de autoridade fazes Tu estas coisas? Ou Quem, a Ti, esta autoridade deu, a fim de que estas coisas faças Tu?"
Mc 11:29 Jesus, porém, havendo respondido, lhes disse: "Perguntarei a vós, também *Eu*, uma [só] coisa, e respondei-Me (e [então] vos direi com que natureza de autoridade estas coisas Eu faço):
Mc 11:30 A submersão de João: proveniente- de- dentro- do céu era ela? Ou [era] proveniente- de- dentro- d[os] homens? Respondei-Me!"
Mc 11:31 E eles argumentavam para si mesmos, dizendo: "Se dissermos: 'Proveniente- de- dentro- do céu', Ele dirá: 'Por que, pois, não crestes nele?'
Mc 11:32 Mas se dissermos: 'Proveniente- de- dentro- dos homens'...",eles temiam o povo, porque todos contavam João, que verdadeiramente ele era um profeta.
Mc 11:33 E eles disseram a Jesus, havendo respondido: "Não sabemos." E Jesus, replicando, lhes diz: "Também não vos digo *Eu* com que natureza de autoridade faço estas coisas."

LTT: Bíblia Literal do Texto Tradicional Receptus, sem notas