Mc 14

Mc 14:1 Ora, depois de dois dias, era a páscoa (e [a festa d]os [pães] ázimos); e os principais dos sacerdotes e os escribas buscavam de que forma O matem [depois de] havendo-O prendido dentro de enganosa- maquinação [deles].
Mc 14:2 Diziam eles, porém: "Não n[o dia d]a festa, senão haverá alvoroço do povo."
Mc 14:3 E, estando Ele em Betânia na casa de "Simão, o Leproso", [enquanto] estando [Ele] assentado- à- mesa, veio uma mulher tendo um vaso de alabastro com unguento- aromático de nardo puro, de muito preço; e, [em] havendo ela esmigalhado o vaso de alabastro, derramou-[o] sobre a cabeça dEle.
Mc 14:4 E houve alguns expressando- indignação para si mesmos, dizendo: "Para que este desperdício do unguento- aromático tem sido feito?
Mc 14:5 Porque podia este [unguento] ter sido vendido por mais de trezentos denários, e ter sido dado aos pobres."E resfolegavam- de indignação contra ela.
Mc 14:6 Jesus, porém, disse: "Deixai-a. Por que aflição lhe causais? Uma boa obra praticou ela para coMigo.
Mc 14:7 Porque vós sempre tendes os pobres convosco, e, quando quer que quiserdes, podeis lhes fazer bem; a Mim, porém, nem sempre tendes.
Mc 14:8 O que *esta* podia [fazer], ela [o] fez: antecipou-se a ungir o Meu corpo para o embalsamamento.
Mc 14:9 Em verdade vos digo que, em todo- e- qualquer- lugar [em] que for pregado o evangelho, este, para dentro de todo o mundo, também [o] que fez esta [mulher] será contado para memorial dela."
Mc 14:10 E Judas (o homem- de- Kerioth), um [só] dos doze, saiu- e- foi até aos principais dos sacerdotes, a fim de O trair- e- entregar a eles.
Mc 14:11 E eles, havendo ouvido [isto], jubilaram e prometeram lhe dar dinheiro. E ele buscava como, em ocasião oportuna, O trair- e- entregar.
Mc 14:12 E, no dia anterior à [festa d]os [pães] ázimos (quando a páscoa eles sacrificavam), Lhe dizem os Seus discípulos: "Aonde queres Tu [que],, havendo nós ido, façamos os preparativos a fim de comeres a páscoa?"
Mc 14:13 E Ele envia dois dos Seus discípulos, e lhes diz: "Ide para dentro da cidade, e vos sairá ao encontro um homem levando um cântaro de água; segui-o.
Mc 14:14 E, onde quer que ele entrar, dizei ao senhor da casa: 'O Professor- Mestre diz: «Onde está o salão para hóspedes, em que Eu coma a páscoa com os Meus discípulos?»'
Mc 14:15 E *ele* vos mostrará um grande salão- no- andar- de- cima, tendo sido mobiliado, preparado; ali nos preparai vós."
Mc 14:16 E saíram os Seus discípulos, e vieram para dentro da cidade, e acharam como Ele lhes disse, e prepararam a páscoa.
Mc 14:17 E, [o] anoitecer havendo chegado, Ele vem com os [seus] doze.
Mc 14:18 E, estando eles assentados- à- mesa e estando eles comendo, disse Jesus: "Em verdade vos digo que um [só], proveniente- de- entre vós, Me trairá- e- entregará, o qual [está] comendo coMigo."
Mc 14:19 E eles começaram a se entristecer e a Lhe dizer, um após um [outro]: "[Porventura sou] *eu*?" E outro: "[Porventura sou] *eu*?"
Mc 14:20 Ele, porém, havendo respondido, lhes disse: "[É] um [só] proveniente- de- entre os doze, o qual [está] mergulhando coMigo [a mão] para dentro do prato.
Mc 14:21 Em verdade, o Filho do homem vai, como tem sido escrito concernente a Ele; ai, porém, daquele homem por quem o Filho do homem é traído- e- entregue! Bom era para ele (o tal homem) se ele nunca tivesse sido nascido!"
Mc 14:22 E, [enquanto] eles [estão] comendo, [então,] havendo Jesus tomado um pão [e] havendo-[o] abençoado, [o] partiu e lhes deu, e disse: "Tomai, comei. Isto significa o Meu corpo."
Mc 14:23 E, havendo tomado o cálice [e] havendo expressado [toda a] gratidão, lhes deu; e todos eles beberam proveniente- de- dentro dele.
Mc 14:24 E Ele lhes disse: "Isto significa o Meu sangue, o [sangue] do novo testamento, o qual em favor de muitos [estará] sendo derramado- para- fora.
Mc 14:25 Em verdade vos digo que não mais, de modo nenhum, Eu beba proveniente- de- dentro- do fruto da vide, até aquele dia em que Eu o beba, novo, no reinar de Deus."
Mc 14:26 E eles, havendo cantado [um] hino, saíram para o Monte das Oliveiras.
Mc 14:27 E lhes diz Jesus: "Todos vós sereis feitos- tropeçar em Mim, esta noite; porque tem sido escrito: 'Ferirei o pastor, e as ovelhas serão dispersas.'
Mc 14:28 Mas, depois de ser Eu ressuscitado, irei adiante de vós para dentro da Galileia."
Mc 14:29 E Pedro Lhe disse: "Mesmo se todos serão feitos- tropeçar, nunca, porém, *eu*."
Mc 14:30 E lhe diz Jesus: "Em verdade te digo que hoje, [a saber,] nesta noite, antes que duas vezes [o] galo cante, três vezes Me negarás."
Mc 14:31 Ele, porém, o mais veementemente disse: "[Mesmo] caso me seja necessário morrer conTigo, de modo nenhum Te negarei!" E da mesma maneira também, eles todos, falavam.
Mc 14:32 E eles chegam para dentro de um lugar do qual o nome [é] Getsêmani, e diz Ele aos Seus discípulos: "Assentai-vos aqui, enquanto Eu ore."
Mc 14:33 E Ele toma Pedro e Jacobo e João conSigo, e começou a estar muito chocado e a angustiar-se- em- extremo.
Mc 14:34 E lhes diz: "Profundamente triste está a Minha alma, até à morte; demorai-vos aqui, e vigiai."
Mc 14:35 E, havendo [Jesus] ido um pouco mais adiante, prostrou-se sobre a terra; e orava a fim de que, se possível fosse, passasse para longe dEle aquela hora.
Mc 14:36 E disse Ele: "Aba! Pai! Todas as coisas Te [são] possíveis; afasta este cálice para longe de Mim; todavia, não [seja] o que *Eu* quero, mas o que *Tu* [queres]."
Mc 14:37 E Ele vem e os acha dormindo; e diz a Pedro: "Ó Simão, dormes? Não pudeste [durante] uma [só] hora vigiar?
Mc 14:38 Vigiai e orai, a fim de que não entreis para dentro de tentação. Em verdade, o espírito [está] pronto; a carne, porém, [é] fraca."
Mc 14:39 E, outra vez havendo [Jesus] ido à parte, orou, a mesma coisa dizendo.
Mc 14:40 E, havendo [Jesus] retornado, os achou dormindo outra vez, porque estavam os olhos deles tendo sido tornados- pesados, e não tinham sabido o que Lhe responder.
Mc 14:41 E Ele vem a terceira vez, e lhes diz: "Dormi agora, e descansai. Basta; chegou a hora. Eis que é traído- e- entregue o Filho do homem para dentro das mãos dos pecadores.
Mc 14:42 Levantai-vos, partamos; eis que aquele [que] Me [está] traindo- e- entregando tem chegado vizinho."
Mc 14:43 E imediatamente, ainda- enquanto Ele [está] falando, chega Judas ( um [só] dos doze), e com ele uma grandE multidão com espadas e varapaus, de- ao- lado- dos principais dos sacerdotes e dos escribas e dos anciãos.
Mc 14:44 Ora, aquele [que] O [estava] traindo- e- entregando lhes tinha dado [a convenção de] um sinal, dizendo: "Quem quer que eu beijar, esse é [Ele]; prendei-O, e levai-[O] com segurança."
Mc 14:45 E, havendo chegado, imediatamente havendo se aproximado dEle, diz: "Grande- Professor! Grande- Professor!" E o beijou enfaticamente.
Mc 14:46 E lançaram as mãos deles sobre Ele, e O prenderam.
Mc 14:47 E um [só], um certo daqueles tendo se postado ao lado, havendo sacado a espada, feriu o escravo do sumo sacerdote, e cortou fora a sua orelha.
Mc 14:48 E, havendo respondido, Jesus disse a eles: "Como contra um salteador saístes vós, com espadas e varapaus, para prender-Me?
Mc 14:49 Todos os dias estava Eu próximo de vós no Templo, ensinando, e não Me prendestes. Mas [isto é] a fim de que sejam cumpridas as Escrituras."
Mc 14:50 Então, havendo-O deixado, todos fugiram.
Mc 14:51 E um [só], [um] certo jovem, O seguia, tendo ele posto um lençol- de- fino- linho sobre [seu próprio corpo] nu. E os jovens- criados o seguraram.
Mc 14:52 Ele, porém, havendo largado- para- trás o lençol- de- fino- linho, nu fugiu para longe deles.
Mc 14:53 E levaram Jesus ao sumo sacerdote, e ajuntam-se a ele todos os principais dos sacerdotes, e os anciãos, e os escribas.
Mc 14:54 E Pedro de longe seguiu a Ele, até [o] interior, para dentro do palácio do sumo sacerdote. E ele estava assentando com os servidores e aquentando-se à luz.
Mc 14:55 Ora, os principais dos sacerdotes e todo o Sinédrio buscavam contra Jesus [algum] testemunho, para O fazer[em] morrer, e não achavam [nenhum].
Mc 14:56 Porque muitos testificavam falsamente contra Ele, mas os testemunhos deles não eram coerentes.
Mc 14:57 E alguns, havendo se levantado, testificavam falsamente contra Ele, dizendo:
Mc 14:58 "*Nós* O ouvimos dizendo: '*Eu* derrubarei este Templo, o construído por mãos [de homens], e, através de três dias, a outro, não feito por mãos [de homens'], edificarei "
Mc 14:59 E nem assim era coerente o testemunho deles.
Mc 14:60 E, havendo se levantado o sumo sacerdote para dentro do meio [do Sinédrio], perguntou a Jesus, dizendo: "Nada respondes? Que testificam estes contra Ti?"
Mc 14:61 Ele, porém, guardava- silêncio, e nada respondeu. Novamente o sumo sacerdote Lhe perguntava e Lhe diz: "És *Tu* o Cristo? O Filho de o [Deus] Bendito?"
Mc 14:62 E Jesus [lhe] disse: "*EU* SOU. E vereis o Filho do homem estando- assentado à direita do poder [de Deus], e vindo com as nuvens do céu."
Mc 14:63 E o sumo sacerdote, havendo rasgado as suas próprias vestes, diz: "Que mais necessidade temos de testemunhas?
Mc 14:64 Ouvistes a blasfêmia; que vos parece?"E todos O condenaram ser merecedor de morte.
Mc 14:65 E começaram alguns a cuspir sobre Ele, e a cobrir- ao- redor o Seu rosto, e a O esmurrar, e a Lhe dizer: "Profetiza!" E os servidores O golpeavam com golpes- das- palmas- das- [suas-] mãos.
Mc 14:66 E, estando Pedro no palácio, embaixo, chega uma [só] das criadas do sumo sacerdote;
Mc 14:67 E, havendo ela visto Pedro aquentando a si mesmo, havendo ela olhado para ele, diz: "Também *Tu* estavas com aquele nazareno, Jesus!"
Mc 14:68 Ele, porém, negou [a Ele], dizendo: "Não [O] tenho conhecido, nem mesmo entendo o que tu dizes." E foi para fora [dali], para dentro do alpendre; e um galo cantou.
Mc 14:69 E uma criada, havendo-o visto outra vez, começou a dizer àqueles [homens] ali tendo se postado: "Este, proveniente- de- entre os tais é!"
Mc 14:70 Ele, contudo, outra vez [O] negava. E, pouco depois, outra vez aqueles [homens] ali tendo se postado diziam a Pedro: "Verdadeiramente, proveniente- de- dentro- deles tu és, porque também um galileu tu és, e [a] tua fala é semelhante!"
Mc 14:71 Ele, porém, começou a amaldiçoar, e a jurar, [dizendo] que: "Não tenho conhecido Esse Homem de Quem vós falais!"
Mc 14:72 Então, pela segunda vez, [o] galo cantou. E lembrou-se Pedro da palavra que lhe disse Jesus: "Antes que [o] galo cante duas vezes, Me negarás três vezes". E, havendo refletido sobre [isso], chorava.

LTT: Bíblia Literal do Texto Tradicional Receptus, sem notas